Início Beleza Preenchimento labial: tudo o que você precisa saber, segundo um cirurgião

Preenchimento labial: tudo o que você precisa saber, segundo um cirurgião

” Quanto tempo dura? Quando é indicado? O que fazer depois? Saiba mais sobre os diferentes tipos de procedimento “

Após a polêmica em torno do preenchimento labial feito pela cantora Anitta em 2016, diversos questionamentos começaram a surgir sobre o procedimento que se popularizou e já conquistou celebridades como Kylie Jenner, Grazi Massafera, a ex-bbb Bianca Andrade e recentemente a influenciadora Flávia Pavanelli. Entre as maiores dúvidas estão os tipos de procedimento, quais os cuidados necessários depois, quanto tempo dura e, principalmente o resultado final.

Segundo Mário Farinazzo, cirurgião plástico e membro Titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), apesar de não ser exatamente novo, o procedimento evoluiu em diferentes tipos de técnica e tem procura crescente entre as mulheres. “Cada vez mais mulheres têm optado por procedimentos desse tipo em busca de  lábios mais proporcionais, simétricos e volumosos”, diz.

De acordo com ele, a partir dos 40 anos já há perda de volume e maior flacidez dos tecidos, o que caracteriza a procura do tratamento por mulheres nessa faixa etária “Essas alterações podem ser corrigidas com preenchimento com ácido hialurônico, gordura ou mesmo a cirurgia chamada de “lip flip” – retirada de uma faixa de pele logo abaixo do nariz que everte o lábio superior”, explica.  No entanto, não existe idade ideal para a procura e mulheres cada vez mais jovens se interessam pelo preenchimento labia. “Nessa caso, elas querem algum grau de assimetria, corrigindo a diferença de volume entre lábio superior e inferior ou mais volume em casos de lábios muito finos”, completa.

Veja a seguir tudo sobre os diferentes tipos de técnicas:

Preenchimento com gordura

Para fazer o preenchimento dos lábios com gordura, é preciso retirar uma pequena quantidade de gordura (4 a 6 ml) de regiões como os braços (músculo do tchauzinho), da barriga ou da coxa com uma cânula de 2 milímetros de diâmetro. Essa gordura é preparada e, com cânula mais fina ainda (0,9 milímetros) é injetada no lábio de acordo com a necessidade de cada paciente. “Em geral, colocamos um total de 2 a 4 ml. Essa gordura, dá volume  e melhora o contorno dos lábios. Pode ser feita com anestesia local, mas em geral é realizada no hospital quando o paciente já vai realizar outros procedimentos como uma cirurgia na face, nas mamas ou no abdome, por exemplo”, diz.

Preenchimento com ácido hialurônico

Para deixar o lábio mais natural, o que importa é o volume e o local do lábio onde se coloca a substância e isso independe se é utilizado o ácido hialurônico ou a gordura. “Se usamos um volume maior, a tendência é que o lábio fique mais volumoso, e assim, com um aspecto um pouco mais estigmatizado”, conta.

Lip Flip

É o procedimento que leva menos tempo para ser executado. Com a injeção de ácido hialurônico leva cerca de 30 minutos. Se for feito o enxerto de gordura, o procedimento tende a durar um pouco, justamente por conter mais etapas, cerca de duas horas.

A grande vantagem da gordura, no entanto, é que é um procedimento definitivo. Um vez que a gordura foi injetada e “criou raiz”, ela ficará ali para sempre. É o procedimento menos invasivo, seguido do ácido hialurônico. O preenchimento com enxerto de gordura é o mais invasivo por necessitar da retirada de gordura de outra região.

Flávia Pavanelli posta foto com a mãos nos lábios em seu Instagram (Foto: reprodução Instagram @flaviapavanelli)

Efeito permanente ou temporário?

Dr. Mário afirma que o efeito do Botox Lip Flip dura cerca de 4 meses e é necessário que a paciente aguarde esse período para fazer novamente. O ácido hialurônico dura cerca de 8 a 10 meses, mas pode ser feito antes do término total do seu efeito, ou seja, se após 6 meses o paciente achar que o lábio perdeu o contorno ou o volume de que gostava, uma dose já pode ser feita novamente.

O preenchimento com gordura é permanente, mas pode ser repetido para se obter algum tipo de refinamento, como um maior volume, por exemplo. Nesse caso é necessário aguardar três meses do primeiro procedimento para que o médico e o paciente avaliem a necessidade de mais uma sessão.

Exames necessários

Para o Botox Lip Flip e o ácido hialurônico não são necessários exames. O mais importante é que o paciente não tenha história de alergia conhecida a nenhuma das duas substâncias e que suspenda o uso de anticoagulantes como a aspirina (AAS), antes do procedimento.

“Para o preenchimento com gordura, que é um pouco mais invasivo, é pedido um exame de coagulação ou exames pré-operatórios completos caso seja feita em conjunto com outra cirurgia, como um lifting facial ou uma mamoplastia, por exemplo”, orienta.

Fonte: Revista Marie Claire